quarta-feira, 30 de abril de 2014

Exército Brasileiro: ordem do dia ou recado cifrado ?

.


exercito 2014




No último 19 de abril, “Dia do Exército”, o General Enzo Martins Peri emitiu a tradicional “Ordem do Dia” às tropas brasileiras.

Uma mensagem forte, que gerou interpretações diversas. Há quem acredite nada existir de anormal no discurso, outros analisaram como se fosse um recado cifrado, não apenas às forças armadas, mas também a população brasileira. Leia e tire suas conclusões.

DIA DO EXÉRCITO – ORDEM DO DIA

Nesse 19 de Abril o Exército celebra, trabalhando, seu aniversário de criação, cujo nascimento se deu no longínquo 1648 nos Montes Guararapes.

Havia, naquela época, um território ameaçado pelo invasor; havia um sentimento de corresponsabilidade com a jovem Nação; e havia a grande vontade de um povo de se autodeterminar.

Enfrentamos e vencemos. Fomos gestados, portanto, em um ambiente de lutas e de sacrifícios de um povo valente, traduzido pelo sentimento de patriotismo – unindo raças e credos – que se incorporou definitivamente ao caráter da nossa gente.

Assim, já se vão 366 anos de dedicação à Pátria, movidos pelo sentimento de servir.

A história do Exército confunde-se com a história do Brasil. A história do Brasil confunde-se com a história do Exército. Podemos afirmar que a formação da nacionalidade brasileira tem a impressão digital da nossa Força. Estivemos presentes na manutenção da unidade nacional; na demarcação definitiva de nossas fronteiras; na independência da Colônia; no fim da escravidão; na proclamação da República; na preservação da integridade do território brasileiro; no esforço pela preservação da paz mundial; na proteção da nossa gente, vitimada por desastres naturais; na pacificação de áreas conturbadas e no desenvolvimento nacional.

Mas, mesmo com esse passado histórico e participando intensamente, no presente, das inúmeras demandas da sociedade a quem serve, o Exército mantém os olhos postos no amanhã – haja vista que o passar do tempo não prepara o futuro. O futuro precisa ser construído com planejamento criterioso e trabalho duro. E é o que temos feito.

Sabe-se que apenas deleitar-se com as conquistas do passado é o caminho mais curto para o desastre futuro. A arrogância é o rastilho da queda. Por isso, preservando o imutável – símbolos, valores, história e tradições –, com elevado e sólido índice de confiança da sociedade, seguimos evoluindo, mudando, transformando para acompanhar o crescimento do Brasil, que nos cabe defender.

Não perdemos tempo e energia decantando glórias do passado. Quando as recordações superam os sonhos, o fim está próximo.

Sabe-se que as organizações que vivem a olhar sobre seus próprios ombros não se dão conta do trem que avança no sentido contrário.

No palco da vida a cortina ergue-se todos os dias.

Nesse contexto, se inclui o profundo processo de transformação pelo qual vem passando nosso Exército para capacitar a Força a enfrentar e vencer os desafios da Era do Conhecimento. São projetos estratégicos robustos, novos materiais, nova doutrina, capacitação em defesa cibernética, busca de poder dissuasório – tudo em andamento.

Em síntese, estamos receptivos às mudanças, incorporando novos processos, valorizando a ousadia, a criatividade, o questionamento e a coragem – tudo com foco na missão da Força e no futuro do Brasil – prontos para enfrentar o amanhã, assim que ele se tornar hoje.

Soldados do Exército Brasileiro, a missão está posta! E a hora é esta.

O desafio é ostensivo. Mãos à obra, unidos e coesos como sempre estivemos. E, trabalhando, celebremos com justificado orgulho mais um aniversário do nosso Exército – Instituição Nacional, regular e permanente, com maturidade estratégica e senso de legado.

Gente patriótica, comprometida com o futuro do Brasil, sempre que precisarem, “chamem o Exército”!

19 de abril, Dia do Exército! Há 366 anos – Sempre pelo Brasil!

Brasília, DF, 19 de abril de 2014.

General de Exército Enzo Martins Peri 

Comandante do Exercito



(Fonte: http://blogdopaulinho.wordpress.com/2014/04/30/exercito-brasileiro-ordem-do-dia-ou-recado-cifrado)