sábado, 12 de dezembro de 2015

Intimação da Polícia Federal deixa Lula isolado na Europa

.








Intimação da Polícia Federal deixa Lula isolado na Europa. Humilhação perante a comunidade internacional


Embora constrangido pelas suspeitas de seu envolvimento em esquemas de corrupção na Petrobras e da quase certeza de que seu filho caçula será preso, Lula compareceu a alguns compromissos marcados antes da explosão de tantos escândalos envolvendo seu nome, o de seus amigos, companheiros de partido e familiares.

Identificado como um político demagogo pelo El País, Jornal espanhol que organizou o fórum Os desafios dos emergentes, no qual o ex-presidente participou. Nos debates, Lula resolveu todos os problemas do Brasil. Quem acompanhou suas falas durante o tour pela Europa nos últimos dias pode chegar a conclusões bastante contraditórias: ou Lula é um mentiroso contumaz ou a presidente Dilma Rousseff é a mulher mais incompetente do planeta. O mais provável é que se conclua que as duas alternativas estão corretas.

Assim como fez no Brasil, Lula desafiou a inteligência de seus interlocutores no fórum ao tentar convencê-los de que não está envolvido com a corrupção do PT na Petrobras: "Eu desafio, mesmo aos empresários que estão sendo delatados, aqueles que estão presos, a dizer se um dia eles tiveram 20 segundos de conversa comigo sobre qualquer coisa que fosse ilegal."

Se por um lado, nenhum empresário é louco de vir à publico confessar seus negócios ilícitos, entre os que estão presos, vários já confirmaram a influência de Lula no mensalão e no petrolão, como o ex-deputado Pedro Correa, que confirmou ter estado na reunião que deu origem ao petrolão, juntamente com Lula e o ex-ministro José Dirceu.

Mas se o Road show do ex-presidente pela Europa já se consolidava uma tour melancólica, a notícia de sua intimação pela Polícia Federal para depor sobre o esquema de venda de medidas provisórias caiu como uma bomba no colo de Lula. Entrevistas, convites e encontros foram cancelados para evitar maiores constrangimentos.

Lula está agora sozinho num quarto de hotel pensando o como vai explicar uma série de situações comprometedoras para a polícia. Uma delas é se ele mandou seu amigo Mauro Marcondes repassar cerca de R$ 4 milhões para seu filho caçula, Luis Claudio Lula da Silva.



(Fonte:http://imprensalivre.blogspot.com.br/2015/12/lula-isolado-na-europa-apos-intimacao.html)
.