quarta-feira, 15 de abril de 2009

Mais uma pérola do Presidente

.


Louros e demais branquelos de Todo o Mundo, Uní-vos!

(...é uma crise causada, fomentada, por comportamentos irracionais, de gente branca, e de olhos azuis")

A pérola acima nem precisa ter creditada a autoria, né? Quem mais falaria algo parecido? O constrangimento do Primeiro Ministro inglês Gordon Brown, que assistia a tudo boquiaberto, só não foi maior porque, afinal, não se chama Gordon White.

Essa história de racismo às avessas praticado pelo Governo Lula não é de hoje.

Tempos atrás a Ministra da Igualdade(?) Racial, Matilde Ribeiro, havia incentivado essa estranha forma de “igualdade” quando disse considerar normal o racismo de negros contra brancos. Depois disso foi pega, como todo bom petista, pagando despesas pessoais com o cartão corporativo e teve que ir pregar suas idéias bizarras fora do Governo.

A Patrulha Petralha, formada pela Polícia Política Petista e alguns magistrados justiceiros, entendeu o recado do presidente Lula e começou a caça às bruxas. Eliana Tranchesi, proprietária da Daslu, mesmo não sendo tão loura assim, foi presa e condenada a noventa e oito anos de cana! Noventa e oito anos por sonegação de impostos. O mensalão? O mulato Zé Dirceu anda livre, leve e solto. Foi encarregado pelo próprio presidente da República para ser o articulador da campanha de Dilma à presidência. O crioulo Delúbio Soares promete ser o tesoureiro.

Preconceito Seletivo

Falando em “PPP” (Polícia Política Petista), a PF desencadeou mais uma pirotecnia, digo, mais uma de suas operações. A “Castelo de Areia” acusa a empreiteira Camargo Corrêa de, entre outros crimes, favorecer ilegalmente políticos de vários partidos. “Por dentro”, quem mais recebeu dinheiro da empreiteira foi Gleisi Hoffmann, canditada à prefeitura da minha Curitiba. Loura e de olhos azuis, a petista é esposa do Ministro do Planejamento do Governo, Paulo Bernardo. A esposa–candidata recebeu R$500.000,00 da Camargo Corrêa para sua candidatura. Não adiantou. Levou uma surra do PSDB nas eleições. Perdeu a prefeitura e seis das nove vagas na câmara de vereadores. A Camargo Corrêa recebeu desde 2003 R$354,9 milhões em verbas federais. Do PAC, a empresa receberá do BNDES, dinheiro público, a modesta quantia de R$7,2 bilhões.

Como vemos, esse preconceito do presidente contra essa gente loura e de olhos azuis é um tanto quanto seletivo. Mas não é apenas a loura Gleisi que tem a simpatia do presidente Lula. A sua “galega”, convenhamos, não chega a ser nenhuma “afro-descendente” (sic). Aliás, a Primeira Dama está cada vez mais parecida com outra loura petista, a eterna candidata a qualquer cargo, Marta Suplicy, também conhecida como Marta Frave, ou, se preferirem, Marta Wermus. Marta também não é nenhuma Benedita Silva…

Vamos ver se a ministra Dilma vai adotar, agora que prepara um novo visual para a campanha, um visual “afro”. Já imaginaram a ministra com penteado Black Power?

De qualquer maneira, diante de todo o racismo e preconceito que nós, louros de olhos azuis, sofremos, só nos resta exigir cotas nas universidades e no funcionalismo público para “euro-descendentes”. Óbvio, tenho que pensar no meu futuro. Lula já pediu cidadania em Angola (será que lá também os banqueiros são brancos de olhos azuis?), eu tenho que me virar por aqui mesmo.

(O Vampiro de Curitiba)