quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Veja as cinco nulidades que Temer, Sarney e Renan indicaram para ser ministros

.


(Garibaldi Alves,  Edison Lobão, Pedro Novais, Wagner Rossi e Moreira Franco)

A presidente eleita Dilma Rousseff anunciou mais dez nomes de seu futuro Ministério, cinco dos quais indicados pelo aliado PMDB.

As nulidades peemedebistas escolhidas, nenhuma delas com qualquer especialização para gerir a respectiva área, foram o senador Garibaldi Alves (RN) para o Ministério da Previdência, o senador Edison Lobão (MA) para Minas e Energia — que já comandou por dois anos até março passado –, o deputado federal Pedro Novais (MA) para o Turismo, Wagner Rossi (SP) para continuar no Ministério da Agricultura e o ex-governador do Rio de Janeiro Moreira Franco para a Secretaria de Assuntos Estratégicos.

Os cinco políticos do PMDB foram escolhidos a critério do vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) e dos senadores José Sarney (PMDB-AP) e Renan Calheiros (PMDB-AL).


Poderia dar em outra coisa, escolhidos por quem foram?

(Ricardo Setti - Veja - http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti)