quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Consumidor terá de bancar custo extra de R$ 1 bi na conta de energia

.




Aneel muda encargo que banca custo de geração na região Norte


A diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou ontem mudanças que irão encarecer a conta de energia. Os consumidores arcarão com custo extra de R$ 1 bilhão em 2011, fruto do reajuste da CCC (Conta de Consumo de Combustíveis).

Ainda não é possível estimar o percentual extra que cada consumidor pagará em sua conta.

A CCC é um encargo que já vem nas tarifas e serve para subsidiar a geração térmica na região Norte (exceto Acre e Rondônia), que não está interligada ao restante do sistema elétrico nacional.

Normalmente a CCC banca o custo com o combustível das térmicas. Mas, com a resolução aprovada ontem, passará a reembolsar também o gasto total com produção de energia para os sistemas isolados, o que inclui, além do combustível para a geração termelétrica, custos de compra de energia adicional, de geração própria e de encargos e impostos não recuperados por distribuidora.

A previsão anterior da Aneel era que a CCC consumiria R$ 4 bilhões, mas, com a mudança, o valor deverá subir para R$ 5 bilhões.

O número exato, no entanto, só será conhecido em abril, quando as concessionárias do Norte tiverem estimado seus custos.

A CCC é administrada pela Eletrobras e há pouco mais de um ano o governo mudou a legislação para que a estatal não tivesse prejuízo com a operação.

(Leila Coimbra - http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po2302201130.htm)