terça-feira, 13 de março de 2012

História do Terrorismo no Brasil - em PDF

.






Reunidos em 25 de julho de 1998, 32 anos passados das hediondas explosões do Recife, um punhado de democratas civis e militares, inconformados com a omissão das autoridades legais e indignados com a desfaçatez dos esquerdistas revanchistas, organizou o grupo “TERRORISMO NUNCA MAIS” (TERNUMA), a fim de resgatar a verdadeira história da Revolução de 1964 e, mais uma vez, opor-se a todos aqueles que ainda teimam em defender os referenciais comunistas, travestidos como se fossem democráticos.

Eu sou testemunha de que foi isso mesmo, mas vejo que 99% das pessoas - mesmo as da minha idade, o que é espantoso - sofreram como uma lavagem cerebral, um processo de amnésia seletiva, e se "esqueceram"de como as coisas se passaram realmente!

O desligamento e inversão da realidade são a base mesmo do processo gramscista. O nazista Goebbels já dizia que "uma mentira repetida muitas vezes vira verdade" - e estava certo. A frase "calomniez, calomniez, il en restera toujours quelque chose" - caluniem, caluniem, sempre vai adiantar alguma coisa - virou lema socialista.

Depois de lerem, eu tenho certeza de que vocês entenderão perfeitamente o que Antonio Gramsci entendeu - lá atrás, na prisão italiana onde morreu: que o PRINCIPAL fundamento para o estabelecimento de um regime comunista em qualquer lugar - e isto serve igualmente para OUTROS regimes desumanizadores - é destroçar a moral religiosa, porque somente SEM ELA será possível instalar a tal desumanização.

"Enquanto vigorasse a moral cristã, dizia Gramsci - o comunismo não poderia dominar "! Seria necessário PRIMEIRO destruir a moral do Cristianismo - o mais forte e mais consistente inimigo do comunismo.

Eu creio que a estratégia foi apropriada por outras ideologias além do comunismo, que igualmente precisam seguir a mesma tática, precisam liquidar com a moral cristã para implantar os seus próprios paradigmas orangos, como eu gosto de dizer, no lugar dos paradigmas cristãos.

E é só olhar à nossa volta para verificar COMO FOI que essa caterva comuna que hoje está arqui-estabelecida no poder conseguiu tamanha penetração e tamanho domínio. Não foi de ontem pra hoje: trata-se de um trabalho de décadas, e focado precisamente onde Antonio Gramsci ensinou que tinha que ser focado.

Está tudo lá. Era assim mesmo, NUNCA HOUVE nenhuma "luta pela democracia"e nem "pela liberdade"!

O que fazem hoje, dando dinheiro e pensões para quem participou daquilo, como se cada miserável daqueles fosse "um herói que lutou pela democracia" - É UM ACINTE, UM ACHINCALHE, UM ABSURDO!



Para ler na íntegra e gratuitamente, faça o DOWNLOAD: 








(Fonte: http://blogsemmascara.blogspot.com/2009/02/historia-do-terrorismo-no-brasil.html)