quinta-feira, 5 de julho de 2012

Ignorância mata

.




Sempre mostro aqui exemplos de como as novas tecnologias da informação conseguem, apesar da falta de recursos, tornar as cidades melhores. É o caso de uma experiência lançada hoje para ajudar as pessoas a cuidarem de sua saúde, usando os recursos disponíveis, batizada de São Paulo Saudável (mais detalhes aqui).

É uma rede colaborativa em que se pode saber desde onde encontrar o remédio de graça, passando por consultas e exames, até as ofertas de atividades físicas e lazer. Há uma lista de todas as ofertas gratuitas feitas pelas universidades, muitas vezes desconhecidas. Em essência é um guia colaborativo de bem-estar.

Como mostram as pesquisas eleitorais, saúde está em primeiro lugar na preocupação do cidadão. E um dos problemas da saúde, entre muitos, é a falta de informação.

Sabemos como ignorância mata.

****

Ideias, de diferentes candidatos, que valem um bom debate.

Soninha propôs em encontro no Youpix, em São Paulo, a criação de uma Secretaria de Assuntos Digitais para intermediar a relação entre o cidadão, a cidade e os poderes públicos. Para isso, colocaria hackers trabalhando para dar transparência aos dados públicos.

Serra viajou a Nova York para conhecer como funciona lá a organização de dados pelo poder público. A cidade é um laboratório digital e tem mesmo muito a inspirar. Ou seja, foi ao lugar certo.

Haddad conta que, se eleito, colocaria em status de secretário alguém responsável pelo governo eletrônico.


.