segunda-feira, 27 de agosto de 2012

As coisas boas também acontecem

.

Frank Serpico





Ao contrário do que se pode pensar, a corrupção nacional está obrigada a jogar na defesa


Numa trapaça do destino, enquanto o Supremo Tribunal Federal julga o comissariado do mensalão, o ex-senador Luiz Estevão fez um acordo com a Viúva, devolvendo-lhe R$ 468 milhões.

O doutor foi o primeiro senador a perder seu mandato e recorre de uma condenação a 36 anos de cadeia. Seu caso completou 12 anos. As sentenças do mensalão sairão depois de sete. A teoria da farsa, enunciada por Lula, parece estar a caminho do lixo.

Nem todos os malfeitores estão a caminho da cadeia, mas Demóstenes Torres perdeu o mandato.

Passou-se o tempo em que um senador gravado quando extorquia um empresário era absolvido por seus pares.

Pindorama não está perto de virar uma Finlândia, mas começa a vigorar na terra a Lei de Serpico, enunciada para a polícia de Nova York: 




"É o corrupto quem deve ter medo do honesto, e não o honesto quem deve ter medo do ladrão".



.