sábado, 29 de junho de 2013

O Brasil é a Ditadura!

.







Democracia é segurança do direito!


O povo brasileiro não tem segurança do direito, nem coletiva nem individualmente. Logo, o Brasil é Ditadura!


Vigora no Brasil um regime ditatorial garantidor, apenas, das vantagens da classe política. É a “nobreza da sarjeta”, locupletando-se a custa do povo.


Esse pacto de escravidão dos brasileiros foi firmado por Geisel e concretizado por João Figueiredo, que entregou o Poder do Estado à classe política, sem aprimorar as instituições.


O processo eleitoral é viciado. Os seus mecanismos não garantem a liberdade de escolha do eleitor. Por isso, a eleição, que deveria ser democrática, é o “Cassino do Al Capone”, com as cartas marcadas.


É por isso, que Sarney se esbalda, Collor foi cassado, mas está de volta, e os petistas no poder enriqueceram, à custa do povo brasileiro.


Para manter sua ditadura contra o povo brasileiro, os políticos dividiram a sociedade em castas: raças, cotas, ricos, pobres, sem terra, índios, quilombolas, etc...


De repente, as pessoas acordaram; foram às ruas e exigiram os seus direitos, em pleno festim, do circo da FIFA.


A presidente foi vaiada no “circo” por 60 (sessenta) mil pessoas.


As manifestações explodiram pelo Brasil, em mais de 400 (quatrocentos) municípios, não só contra as tarifas, mas exigindo Democracia e Respeito.


Apavorada, a presidente reuniu-se com “luminares” da República, para redigir um texto espumoso, que leu, com ares de boa moça, prometendo o que já deveria ter cumprido, com o Lula, em 10 (dez) longos e terríveis anos de desgoverno petista. Não convenceu ninguém!


Em vez de proferir promessas vazias, Dª Dilma deveria, por exemplo, impedir o contrabando de minérios, porque o Brasil é lesado, diariamente, em bilhões de dólares, em desvios de minérios estratégicos. Caso Sua Excelência não saiba, deveria saber, porque a presidência não é cargo para inocentes ou desinformados.


Resta o protesto. Toda energia, que a sociedade catalisou com os protestos nas ruas, em todo o Brasil, precisa ser aproveitada pela Nação, para abolir a escravidão, imposta pelos governantes e pela classe política.


ABAIXO A DITADURA!



(Antônio José Ribas Paiva, Advogado, é Presidente da Associação dos Usuários de Serviços Públicos. - Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net)
.