terça-feira, 11 de setembro de 2012

Dilma convida Zavascki para vaga no Supremo

.


Fabio Pozzebom/ABr 
 



A presidente Dilma Rousseff convidou o ministro Teori Zavascki, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), para assumir a vaga aberta com a aposentadoria de Cezar Peluso no STF (Supremo Tribunal Federal).

A Folha adiantou no início da tarde desta segunda que o nome de Zavascki ganhara força.

Informado pelo Palácio do Planalto, Teori Zavascki aceitou o convite.

O ministro Teori Zavascki, indicado para ocupar a vaga de Cezar Peluso no STF

A indicação do novo titular do STF já foi comunicada ao presidente da corte, Carlos Ayres Britto, que, por sua vez, avisou a outros ministros, que nesta tarde realizam mais uma sessão de julgamento do mensalão.

Ele deve entrar no lugar de Cezar Peluso, que se aposentou dia 3 em meio ao julgamento do mensalão. Procurado pela Folha nesta segunda-feira, ele evitou falar sobre a indicação ao STF: "Não confirmo nem desminto. Não é hora para declarações".

Ele estava em viagem com a família e foi chamado para retornar a Brasília para ser avisado da escolha pela presidente Dilma. Teori Zavascki estava entre os principais cotados para substituir Peluso. Seu nome era visto como um dos mais técnicos e discretos para a vaga.

Zavascki foi convidado por Dilma nesta manhã. Dois auxiliares da presidente confirmaram à Folha que ele foi indicado para ser o substituto de Peluso e que o anúncio será feito nas próximas horas. A indicação será publicada amanhã no "Diário Oficial da União".

Para assumir o cargo, Zavascki precisa ainda ser sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal e, em seguida, aprovado pelo plenário da Casa. Não há um prazo definido para a sabatina --cabe ao presidente da comissão, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), a definição da data em que a sabatina entra na pauta da CCJ.

Natural de Faxinal dos Guedes (SC), ele tem 64 anos e está desde 2003 no STJ. Antes, foi desembargador do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), com sede em Porto Alegre e abrange a região Sul do país. Zavascki também é professor de direito.


(VERA MAGALHÃES, ANDRÉIA SADI, DO PAINEL, FLÁVIA FOREQUE E LEANDRO COLON, EM BRASÍLIA - Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1151207-presidente-do-stf-elogia-indicacao-de-teori-zavascki-para-o-tribunal.shtml


Só para lembrar:

É o mesmo Zavascki  que absolveu Arruda no mensalão do DEM

.