quinta-feira, 6 de setembro de 2012

"Sofre, Juca Mulato, é tua sina, sofre…








"Sofre, Juca Mulato, é tua sina, sofre… 

Fechar ao mal de amor nossa alma adormecida
é dormir sem sonhar, é viver sem ter vida… 

Ter, a um sonho de amor, o coração sujeito 
é o mesmo que cravar uma faca no peito. 

Esta vida é um punhal com dois gumes fatais: 
não amar é sofrer; amar é sofrer mais"!


(Menotti del Picchia)