domingo, 28 de março de 2010

Odeio quando duvidam da minha inteligência. Você não?

.

O Presidente Lula parece acreditar que somos todos estúpidos ou que não somos inteligentes o bastante para ver o que está acontecendo.

A sua demonstração de desprezo pelas leis em geral e, especificamente, pelo TSE me espanta. A única lei que ele parece respeitar é a "Lei do Gerson", aquela que diz que devemos sempre tentar "tirar vantagem de tudo".

Seu comportamento sempre demonstrou que ele não se importa com o que é legal ou não ao tomar suas decisões, aproveitando-se da ignorância da maioria da população para desafiar cotidianamente a tudo e a todos, ao tentar atingir seus objetivos.

Eu não Presidente!!! A mim você não engana!!!

Veja mais um exemplo...


Lula nega campanha antecipada e diz que oposição faz barulho por não ter o que mostrar


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou hoje a oposição por entrar com representações na Justiça Eleitoral contra ele e a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) por propaganda antecipada. Lula já recebeu duas multas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) --uma de R$ 5.000 e outra de R$ 10 mil-- por suposta propaganda para Dilma.

Lula negou que tenha feito propaganda para Dilma durante inaugurações de obras públicas. "Espero que a multa seja anulada, uma vez que, no meu entendimento, não houve nem tem havido campanha antecipada, nem dissimulada", disse ele em entrevista ao jornal "A Tarde", de Salvador, na Bahia.

O presidente chamou as representações da oposição de "barulho". "O fato concreto é que todo esse barulho é feito pela oposição por razões políticas."

Segundo ele, seu governo tem o que mostrar e por isso inaugura obras. "Veja, quando ela esteve no governo, não havia empreendimentos, não havia obras, não havia nada para ser inaugurado. Nós fizemos - e fizemos muito - e temos o dever de entregar à população, temos o dever de mostrar à sociedade de que maneira estamos aplicando os recursos dos impostos."

Lula disse que Dilma inaugura essas obras junto com ele porque é coordenadora do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). "Se a ministra Dilma Rousseff é a coordenadora do PAC, se ela se empenhou, se dedicou sua energia, sua inteligência em prol das melhorias que estamos implementando, por que na hora da inauguração tem que ficar recolhida em casa?"

Questionado se Dilma perderia chances eleitorais ao deixar o governo, Lula negou. "Pode acontecer exatamente o contrário, ou seja, o ritmo do seu crescimento pode ser acelerado. Afinal, livre das obrigações de governo, que não são poucas, ela terá todo o tempo livre para as articulações e posteriormente para se dedicar de corpo e alma à campanha."

(Fonte: www1.folha.uol.com.br)