quarta-feira, 30 de junho de 2010

Quem você acha que pagou essa conta?... Você!!!

.

Festa de aniversário da neta de Lula pode ter custado mais de 200 salários mínimos



Coisa de nababo

Na última sexta-feira, 18 de junho, noticiamos que o presidente Luiz Inácio da Silva desembarcou na capital catarinense para participar da festa de quinze anos sua neta Maria Beatriz da Silva Sato, filha de Lurian Lula da Silva e Marcelo Sato. O rega-bofe organizado pela filha do presidente Lula, em São José, cidade ao lado de Florianópolis, reuniu nada menos que 400 convidados, todos nababesca e confortavelmente recebidos no salão de um hotel à beira da BR-101.
Envergando um caro e bem cortado terno Armani, Lula, o representante do povo, dançou com Maria Beatriz tendo como cenário uma produção que é uma afronta à ideologia comunista. O salão ostentava nas paredes imagens que remetiam aos balés que fizeram a alegria dos tzares da Rússia.

Como a festa esbanjou detalhes típicos de ousadia financeira, a reportagem do ucho.info consultou uma das mais respeitadas e requisitadas profissionais de eventos sociais da cidade de São Paulo. Com mais de dois mil casamentos realizados e acostumada a atender presidentes de bancos e empresários poderosos, essa profissional analisou as informações repassadas e estimou que a festa de Maria Beatriz, a primeira-neta, não saiu por menos de R$ 100 mil. Com direito a apresentação de balé da própria debutante, o evento contou, inclusive, com equipe dedicada ao cerimonial, mestre de cerimônia, cenógrafo e coreógrafo. Além de outras sandices.

Considerando que a mãe, Lurian Lula da Silva, e o pai, Marcelo Sato, são assalariados, não há calculadora capaz de fechar a conta de uma festa que, no país de todos, apenas uma minoria é capaz de realizar. Por outro lado, como a história recente do presidente-metalúrgico é ponteada por benevolentes pagadores de contas alheias – é o caso de Paulo Okamotto e Jorge Lorenzetti –, aloprados que financiam dossiês (Freud Godoy é um deles) e ocultistas que escondem dinheiro na cueca, nós, do ucho.info, sentimo-nos na obrigação de ressuscitar a teoria popular que, desde tempos pretéritos, diz que à mulher de César não basta ser honesta, mas parecer honesta.
Não se trata de duvidar da idoneidade dos Lula da Silva e de todos os penduricalhos familiares que carregam, mas nessa história ainda é preciso descobrir quem fez o papel de Grigori Rasputin da corte “luliana”, pois só um charlatão como o milagreiro oficial da dinastia Romanov seria capaz de desvendar o mistério dessa empreitada festiva dos mais importantes “da Silva” de nossa amada Botocúndia. Mas a concorrida e rica festa pode não ter custado coisa alguma. O que configura um escandaloso tráfico de influência.


Confira abaixo alguns detalhes da festa de Maria Beatriz nas fotos de Vita Produções




(Recebido por email)