segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Como a ladroagem mata uma boa ideia

.




Todos estão falando do desvio de recursos do Ministério dos Esportes. Mas o que me incomoda, ainda mais do que o dinheiro desviado, é como a ladroagem mata uma boa ideia, capaz de ajudar quem tem pouco ou nada.

E o Segundo Tempo, programa que serviu de base para gatunagem, é uma boa ideia.

Sempre defendi que o processo educativo deveria deixar os estudantes mais tempo na escola e usando todos os espaços possíveis da comunidade. Sabemos que em comunidades pobres a violência é provocada também pela falta de lazer. Vemos, em várias partes do mundo, como o esporte serve para ajudar a paz em bairros conflagrados.

Gosto ainda mais da ideia da escola servir como articuladora de espaços na comunidade. Quando tanto se fala em aumentar o horário escolar, o esporte é mais uma das atividades possíveis.

Como a escola não condições de administrar todo esse processo, o óbvio é chamar entidades comunitárias.

A corrupção trouxe desconfiança sobre todo o programa, atingindo os mais pobres. Esse é o pior preço de todo esse caso de corrupção -- e isso não tem preço.


.