sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Lembra da Jorgina de Freitas, que desviou 310 milhões do o INSS? Pois é..

.




Fraudadora condenada sai da cadeia durante o dia e é nomeada assessora de órgão público do governo do Estado do Rio de Janeiro!


Jorgina de Freitas, que em 1992 foi condenada por fraudes que desviaram R$ 310 milhões do INSS, passou ao regime semi-aberto porque conseguiu um emprego. 

Onde? (Pasmem!!)

Jorgina foi contratada pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE) como assessora do presidente da empresa. 

Segundo o jornalista Cláudio Humberto, uma pergunta não quer calar: 

Que tipo de assessoria Jorgina de Freitas pode estar prestando a Wagner Victer? 

Bem, de água ela não entende, mas é inegável que passou uma boa parte da sua vida chafurdando no esgoto, desviando dinheiro dos aposentados e pensionistas deste País... 

Jorgina teve alguns bens confiscados, mas, pelo que se fala, ainda faltam mais de 100 milhões de reais para serem devolvidos. 

E ninguém fala mais nisso... Por que será?


.