sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Espera

.
Hoje eu me arrumei
Para esperar o meu amor.
Tomei um banho bem quente,
Me lavei em água de ervas,
Esfreguei óleo no corpo.
Passei perfume na nuca,
Entre os seios,
Atrás do joelho.
Vesti a camisola longa,
Branca,
Com rendas.
Acendi um incenso
Para perfumar o quarto.
Coloquei o vinho branco
Para gelar.
Arrumei flores no vaso
Rosas,
Vermelhas.
Troquei os lençóis,
As toalhas,
O sabonete.
Agora está tudo pronto
Para quando ele chegar.
Eu sei que hoje ele não vem...
Mas sei que um dia ainda virá.
Sigo a esperar.

Berenice 30/08/2005