sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Velhice ou Terceira Idade? Outra visão...

A Berê publicou ontem (06/11) o texto “Velhice ou Terceira Idade?” de Vitor Hugo Lopes Paese.
Como já freqüento essa patota, vou meter a minha colher torta neste assunto...
Velhice? Terceira idade? O que é isso? 
Só é possível “medir” o valor das pessoas pelo o que elas produzem...
Não importa a idade cronológica de pessoas como foram Drumond, Vinícius, Tom Jobim e tantos outros que persistiram em produzir obras primas até o fim de suas vidas. Todos eles se foram jovens!!!
No que me diz respeito, se querem dar um nome aos meus quase 62 aninhos, podem chamá-los de melhor idade...
Hoje eu tenho experiência de vida, adquiri ao longo dos anos alguma sabedoria, estou em plena forma, física e intelectualmente falando.
Melhor do que tudo isto: tenho tempo e $$$ para curtir minhas atividades, para escrever, para trabalhar e seguir produzindo, para ir a festas e dançar, para namorar, para beber com os amigos, para pedalar a minha magrela...
Ihhh, é tanta coisa que quase não dá tempo! rsrsrs
Em certo ponto o autor diz que (sic) “Assim, viver a terceira idade requer a busca de novas formas de contato com o mundo, novas vivências...”. Pois bem, eu discordo! Não busquei nada de novo para manter contato com a vida em função de qualquer limitação que a minha idade viesse a me impor.
Sigo vivendo a minha vida tal e qual era desde que me entendo como gente. Nunca deixei de ler, nem de estudar, nem de trabalhar, nem de dançar, nem de namorar, nem de fazer nada que gostasse, pouco me importando com o que os “velhos” iriam pensar de mim.
Talvez por essa razão, a maior parte dos meus amigos, companheiros, amigas, companheiras e namoradas são mais novos do que os meus filhos.
Velho é quem abandona a vida, pouco importando a idade que tenha. Velho é quem para de sonhar, de desejar mais da vida!
Você que se atreveu a ler até aqui, me responda... 
Onde andam os seus sonhos?
Cuidado! Sem eles, você não só envelhece, mas pior... MORRE !!!