sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Acupuntura - Na Casa Civil, é você quem paga...

.








Em que pese o esfumaçamento das fronteiras entre as esferas pública e privada, que tem sido uma das marcas negativas do atual governo, é com uma nota de surpresa que se recebe a revelação de que o Executivo federal contratou o filho do acupunturista do presidente Lula para prestar serviços na Casa Civil.

Comparado a casos como o mensalão ou o tráfico de influência naquele mesmo ministério, trata-se de episódio menor -mas ainda assim simbólico. Mais uma vez o PT, no exercício do poder, turva os limites entre o pessoal e o impessoal ao premiar apaniguados com cargos estatais.


Gu Zhou-Ji, que também ajuda o pai no acompanhamento terapêutico da candidata Dilma Rousseff, recebe R$ 4.000 mensais para atender servidores da pasta. Nomeado em outubro de 2009 como "assessor técnico", o servidor tem aplicado seus conhecimentos curativos em funcionários da Casa Civil e "dependentes", segundo seu próprio relato.


É notável a sem-cerimônia com que a contratação foi realizada, como se ninguém lembrasse que não cabe ao contribuinte pagar a conta de sessões de acupuntura de uma parcela do funcionalismo. Ainda mais quando o próprio terapeuta, e seu pai, prestam serviços ao presidente da República e à candidata que, quando ministra, autorizou a sua contratação.


A vida pública torna-se uma extensão da vida doméstica. Por essa lógica seria aceitável que a lista de "assessores técnicos" se ampliasse para contemplar outras categorias de profissionais -quem sabe professores de ginástica ou orientadores de estilo.


Consta que Lula e Dilma pagam do próprio bolso as suas sessões de acupuntura -apenas, satisfeitos com o resultado, resolveram propiciar aos demais membros do ministério os benefícios para a saúde que têm auferido.


É uma nobre preocupação, mas o certo seria que, como qualquer cidadão, os funcionários da Casa Civil e seus dependentes arcassem com as despesas da acupuntura -o que dispensaria a aquisição de funcionário público federal especializado nessa técnica milenar.





(Fonte: editoriais@uol.com.br)