sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Indicação de “Lula, o Filho do Brasil” para o Oscar fez 130 mil internautas de bobos

.




Amigos, vou voltar a um assunto vencido, mas que a meu ver não foi suficientemente discutido.

É sobre o filme Lula, o Filho do Brasil, que vai representar o cinema brasileiro na disputa do Oscar. (Péssimo filme, não tem a menor chance, só que isso não vem agora ao caso)

Muita gente não sabe, mas o Ministério da Cultura (Minc) realizou uma pesquisa com internautas em que perguntava qual filme brasileiro deveria ser escolhido para ser indicado a concorrer à estatueta. Entre quase 130 mil internautas que votaram, 70% votaram no filme Nossso Lar, do diretor Wagner de Assis, com Renato Prieto, Rosane Mulholland e Werner Schünemann, entre outros atores. (Tropa de Elite 2 não entrou na lista, porque não tinha sido lançado).

À LA CORÉIA DO NORTE

 Ignorando solenemente a consulta popular — que, claro, não tinha caráter deliberativo — a comissão responsável pela indicação escolheu, por unanimidade, Lula, o Filho do Brasil , conferindo tinturas de Coréia do Norte à decisão.

O engraçado é que o próprio site do Ministério da Cultura, orgulhosamente, mostrou os resultados da consulta no dia 21 de setembro.



Vejam o que dizia a página do Minc:

“Filme Nosso Lar é o vencedor de enquete

Por meio de uma enquete que ficou disponível no site do Ministério da Cultura entre os dias 8 e 20 de setembro, o público elegeu Nosso Lar como o filme brasileiro que gostaria de ver concorrendo ao Oscar 2011. No total, a enquete recebeu quase 130 mil votos. O filme preferido pelo público obteve quase 89 mil votos, o equivalente a 70% da votação.

O resultado será uma indicação para auxiliar a Comissão de Seleção (composta por membros indicados pelo MinC, pela Secretaria de Audiovisual, Ancine e Academia Brasileira de Cinema) na decisão de qual filme brasileiro recomendar para concorrer ao prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira, no Oscar 2011.”

O resultado, como se viu, não “auxiliou” em nada à indicação puxa-saco da Comissão de Seleção, com iniciais maiúsculas e tudo.
Fizeram 130 mil internautas de bobos.

(Ricardo Setti - Veja)