sábado, 5 de novembro de 2011

Dilma silencia sobre denúncia contra assessores de Lupi

.





A presidente Dilma Rousseff não quis comentar hoje as denúncias envolvendo assessores diretos do ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT). Em parada de um dia em Paris, a presidente encontrou-se com a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), almoçou com a comitiva brasileira e visitou um museu.

Questionada sobre as denúncias, a presidente se limitou a dizer que não havia lido as reportagens sobre o tema - publicadas pelo portal IG e pela revista Veja - e que não falaria a respeito. "No Brasil a gente responde."

De acordo com a revista Veja, existe no Ministério do Trabalho um esquema de extorsão semelhante aos ocorridos no Turismo e no Esporte. Segundo apurou a reportagem, assessores do ministro Carlos Lupi, todos ligados ao PDT (partido que ele preside), são acusados de cobrar propina para liberar pagamentos a ONGs suspeitas de irregularidades.

.