terça-feira, 5 de outubro de 2010

Reconstruindo a verdade

.

Agora vejam este vídeo. É histórico!





Lula admitiu no dia da criação do Bolsa Família: foi idéia de um governador tucano!

Mais: as políticas já existiam!


Vocês já sabem que o Bolsa Família foi criado pelo governo FHC — os programas unificados sob essa rubrica tinham outro nome. Quem dizia que isso deixava o assistido preguiçoso era Lula. Segundo ele, o cara perdia a vontade de “plantar macaxeira”, como afirmou em abril de 2003.


Se você quiser matar saudades de ver Lula a dizer que programas sociais despolitizam os pobres e os fazem pensar “com o estômago, não com a cabeça”, clique
http://www.youtube.com/watch?v=83WUqpvddq8&NR=1.

Como perceberam, é a solenidade de lançamento do Bolsa Família. Transcrevo trecho da fala do presidente:

“Vou lembrar aqui o governador Marconi Perillo. E afaço aqui justiça: além de ser o estado que mais tem essa política de renda, foi o companheiro que, na primeira reunião que tivemos de governador, SUGERIU A IDÉIA DA UNIFICAÇÃO DAS POLÍTICAS SOCIAIS DESSE PAÍS”

Está tudo aí. O Bolsa Família foi a unificação das políticas sociais que já existiam. E a idéia foi do então governador de Goiás, Marconi Perillo, do PSDB, que disputa de novo o cargo.

O PSDB ou o DEM jamais disseram que o Bolsa Família é esmola. Marina chegou a atribuir tal afirmação a oposicionistas em pergunta feita a Serra em um dos debates. E não diriam porque foram eles que criaram os programas, depois unificados. Agora se sabe que também a unificação foi idéia de um governador do PSDB — hoje não muito apreciado por Lula porque foi uma das autoridades que confirmaram tê-lo advertido da existência do mensalão.

Por que os tucanos nunca conseguiram usar essas coisa a seu favor? É o que eu também me pergunto.

(Reinaldo Azevedo - Veja)