segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Ibama versus Minc

Lauro Jardim - Veja

O ministro mudou, mas o Ibama continua o mesmo. Está em curso um stress parecido com o ocorrido na gestão de Marina Silva, antes da concessão da licença ambiental para o leilão das usinas do Rio Madeira. O Palácio do Planalto e Carlos Minc estão pressionando o Ibama para aceitar apenas uma reunião pública, já marcada para quarta-feira, e liberar até o fim do mês a licença ambiental da nova localização da usina Jirau. Se nesse prazo a licença não sair, vem a época de cheia do rio e a usina sofrerá atraso de um ano. Mas o Ibama, como antes e como sempre, reagiu. Na quinta-feira, emitiu uma nota técnica com mais de setenta exigências que tornam inviável atender ao prazo do Planalto e de Minc.